Lembro com saudades, sugiro com convenção, na imensidão algumas são infames outras hilárias... Sua presença traz alegria, entre, sinta-se à vontade para criticar, dar sugestões, fazer elogios...sobretudo sorrir.

 

"Não pense que escrevo aqui o meu mais íntimo segredo, pois há segredos que eu não conto nem a mim mesma. E não é só o último segredo que revelo: há muitos segredinhos primários que eu deixo que se mantenham em enigma..

 Clarisse Lispector"

Meiroca






 

Sunday, December 10, 2006

...

A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos.Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser magérrimo, sarados, irresistíveis.Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema: queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas.E quanto ao AMOR? Ah, o amor...não basta termos alguém com quem podemos conversar, dividir uma pizza e fazer amor de vez em quando. Isso é pensar pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes inesperados, queremos jantar a luz de velas de segunda a domingo, queremos sexo diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito.É o que dá ver tanta televisão.Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista.Ter um parceiro constante, pode ou não, ser sinônimo de felicidade. Você pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com um parceiro, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando se trata de amor-próprio.Dinheiro é uma benção. Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo. Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se sentir seguro, mas não aprisionado. E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda, buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e um pouco de criatividade.Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável.Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno, Olhe para o relógio: hora de acordar.É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz mas sem exigir-se desumanamente.A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio.Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não esta de acordo com as regras, demita-se.Invente seu próprio jogo. Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não sentimentos fortes, que nos provoca inquietude no nosso coração.Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade!
(Mário Quintana)

 

Monday, December 04, 2006


O bairro do Ibirapuera em São Paulo já lindo de natureza, agora no Natal fica mais lindo. Eles montaram uma arvore lindíssima em frente ao parque!

 

Friday, December 01, 2006

Vista essa camisa você também!


Saúde
Solidariedade
Amizade
Conscientização
Prevenção
Proteção
Mobilização

 

Thursday, November 30, 2006

 

Essa foto foi tirada na bahia dos golfinhos em Natal, em julho!
Ah gente que alegria! U-hú....
Vim aqui inaugurar o blog criando pela minha amiga Meiroca, tão linda e talentosa, são tantas as suas qualidades que fica difícil colocar todas aqui em pauta. Apenas quero deixar uma mensagem de agradecimento, obrigada lindona!